Alimentos Afrodisíacos Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre alimentos afrodisíacos e uma lista de empresas na cidade de Campo Grande. Encontre abaixo empresas da região de Campo Grande que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre alimentos afrodisíacos.

Lojas Marisa
(67) 3323-3200
av Afonso Pena, 4909, Lj 1213, Sta Fé
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Loja Duarte
(67) 3380-4050
r Vilanova Artigas,Arqt, 1076, Cj Aero Rancho
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Arruda & Okasaki Ltda Me
(67) 3383-7672
r Euclides da Cunha, 119, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Araujo & Cia. Ltda Me
(67) 3325-0880
av Mato Grosso, 410, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
D ' Olho Na Moda Confeccoes Ltda-me
(67) 3381-1352
r Clineu da Costa Moraes, 183, Jd Leblon
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Ana Luz Boutique Ltda Me
(67) 3327-0830
r Alagoas, 807, Sl 1, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Manu Modas Ltda Me
(67) 3382-4362
r Rui Barbosa, 1433, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
C&A Modas Ltda
8009-90330
av Afonso Pena, 4909, Sta Fé
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Lojas Riachuelo S/A
(67) 2106-3100
av Afonso Pena, 4909, Lj 401, Sta Fé
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Casas Pernambucanas
(80) 0702-2033
r Quatorze de Julho, 2251, Centro
Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Alimentos afrodisíacos!!!

Fornecido por: 

Quem nunca se entupiu de amendoim, ovo de codorna e jurubeba achando que ia abafar na hora do sexo? Os alimentos afrodisíacos existem sim, mas não é bem assim. Não existem estudos que comprovem cientificamente o poder de provocar desejo de forma física, mas só de mexer com a cabeça de quem os usa já é meio caminho andado. Alimentos precisam ser ingeridos com  certa frequência para que funcionem e ajudem o organismo a funcionar melhor.

Mas nessa época de tudo ser sustentável e ecológico, vamos ver alguns afrodisíacos naturais, para que você não utilize Viagra, nem comprometa seu organismo tomando medicamentos sintéticos. Conheça alguns alimentos que podem te ajudar na hora H:

MEL

Alimento rico em vitamina B , que ajuda na fabricação de testosterona , e boro , que ajuda o organismo a metabolizar o estrogênio , esse alimento sempre foi fonte de saúde para o ser humano. Alguns estudos indicam que o uso contínuo faz com que aumente o nível de testosterona no sangue.Em excesso, provoca diarréia.

CHOCOLATE

Bom, que o chocolate aumenta a serotonina, a gente já sabe. Estudos comprovam que o chocolate contém endorfinas que liberam no sangue duas substâncias que aumentam a sensação de prazer e bem estar, a feniletinamida e serotonina.

AIPO

Rico em vitaminas A, B, C, P e minerais , essa planta aromática era dedicado ao deus Plutão na antiga Roma. O aipo ajuda a afinar o sangue e a manter as artérias limpas e a gente sabe que para uma boa excitação, sangue correndo solto nas veias é o que há!

OSTRA

Ostras são ricas em   zinco, mineral que contribui para a formação de testosterona . Fora o fato de você ter que chupá-las para degluti-las e ela ter o formato de uma vulva, o que só de olhar, já leva a excitação...

AMENDOIM

Outro alimento que promove a circulação sanguínea , o amendoim é rico em vitamina B3, mas cuidado, em excesso provoca gases e diarréia pela sua oleosidade.

PIMENTA

A pimenta promove um aumento da transpiração, aumento da frequência cardíaca e da circulação sanguínea , reações equivalentes de quando você está excitado, por isso quem come acha que está “pegando fogo por dentro”!

Esse alimento, além do aroma excitante, promove a mesma coisa que a  pimenta, aumento da circulação sanguínea. Alias, vários alimentos picantes promovem a mesma sensação que a pimenta.

MANJERICÃO

Ou manjerona, é mais um alimento que promove um aumento da circulação sanguínea. Quem usa acha...

Clique aqui para ler este artigo no Veste Moda