Clínica de Psicologia São Francisco de Paula RS

Encontre endereços e telefones de clínica de psicologia em São Francisco de Paula. Aproveite para obter dicas e mais informações sobre o assunto em nossos artigos com tutoriais.

Amaro Clinica Psicologica Ltda
(54) 2612-5555
r Antônio Pisani, 36, Ap 1, São Pelegrino
Caxias do Sul, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Guinter Lühring - Psicólogo
(51) 9128-3101
Av. Carlos Gomes, 1200 cj. 904
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
 
Cleusa Maria Cabral Ceolim
(51) 3485-5097
estr Cocao 370, Centro
Viamão, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Clínica Conviver Psicologia e Relações Humanas
(51) 3042-2105
av José Loureiro da Silva 1600 sl 106, Centro
Gravataí, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Psicanalista Lisiane Machado
(55) 3026-8301
Rua andre marques, 653 sala 503
santa maria, Rio Grande do Sul
 
Psicóloga Clínica - Canoas - RS
(51) 3031-7034
r Venâncio Aires, 2490 sala 6
Canoas, Rio Grande do Sul

Dados Divulgados por
Psicóloga
(54) 9977-4645
R: Torres Gonçalves, 153 -Sala 502
erechim, Rio Grande do Sul
 
Consultório Psicologia
(53) 9944-0557
Luis mércio Teixeira 1447
Bagé, Rio Grande do Sul
 
CAT- Centro de Atendimento Terapêutico
(51) 9112-7447
Rua Nossa Senhora da Conceição, 125 sala 215
Sapucaia do Sul, Rio Grande do Sul
 
Fabrício Carlo Bellei
(54) 8111-3158
Av. Rio Branco, 07, Sala 303
Caxias do Sul, Rio Grande do Sul
 
Dados Divulgados por

Clínica de Psicologia

Fornecido por: 

Um estudo realizado na Finlândia, no Finnish Institute of Occupational Health, avaliou mais de seis mil adultos entre 39 e 61 anos, saudáveis do ponto de vista cardíaco. Os pesquisadores descobriram, ao longo de 11 anos, que trabalhar três horas a mais por dia (10 horas ao invés de 7 ou 8 horas/dia) eleva em 60% a chance de danos cardíacos – elevando bastante o risco de mortalidade. Os parâmetros de colesterol e hipertensão não se alteraram… Portanto, os fatores mais importantes foram o stresscrônico e o cansaço.

Outro ponto percebido foi que o excesso de trabalho muitas vezes serve para camuflar sintomas de depressão, insônia e ansiedade.

É claro que trabalhar tantas horas em um dia tem relação com alimentar-se mal e fazer menos exercícios – mas a comparação foi válida para pessoas com os mesmos hábitos. Morre mais quem trabalha mais de 10 horas por dia, independente do estilo de vida.

Quem exerce suas atividades com prazer (quem gosta do que faz) teve índices menores de dano cardíaco, mesmo trabalhando muito.

Infelizmente o excesso de trabalho não é uma opção para todos (é quase uma obrigação). Mas se é uma opção, é melhor pensar muito bem nos próximos 11 anos.

...

Clique aqui para ler este artigo no Veste Moda