Consultoria Comportamental Campo Grande, Mato Grosso do Sul

Esta página disponibiliza matérias interessantes sobre consultoria comportamental e uma lista de empresas na cidade de Campo Grande. Encontre abaixo empresas da região de Campo Grande que oferecem diversos produtos e serviços e ainda esclareça suas dúvidas sobre consultoria comportamental.

Maria Teodorowic
(67) 3326-1183
Av. Mato Grosso 4324
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Nelson Neves de Farias
(67) 3352-2121
R. Eduardo Santos Pereira 1659
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Paulo Andre Machado Borges
(67) 3382-1361
Rua dos Vendas 224
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Oreste Bentos da Cunha
(67) 3382-2932
R Humberto de Campos 46 - Sala 1
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Paulo Andre Machado Borges
(67) 3382-1361
Rua dos Vendas 224
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Fabio Paes Barreto
(67) 3324-8659
Av. Afonso Pena 3504 - Sala 959 Andar
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Carla Beatriz Fischer Lemes
(67) 3026-3957
Rua Pedro Celestino 2548
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Marcos Estevao dos Santos Moura
(67) 3351-5534
Rua Eduardo Santos Pereira 1659
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Marcos Estevao dos Santos Moura
(67) 3351-5534
Rua Eduardo Santos Pereira 1659
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Carla Beatriz Fischer Lemes
(67) 3026-3957
Rua Pedro Celestino 2548
Campo Grande, Mato Grosso do Sul
Especialidade
Psiquiatria

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Hábitos que fazem você parecer mais velha

Fornecido por: 

“Para cultivar uma aparência jovem é preciso aliar os avanços da medicina ao estilo de vida saudável”, garante a especialista em medicina estética Carla Góes, autora do livro “Beleza Sustentável”, lançado pela editora Integrare. Ao Delas, Carla aponta seis hábitos que detonam a beleza e diz o que é preciso fazer para mudar.

Dormir pouco
Uma noite mal dormida pode gerar efeitos visíveis. É durante o sono que produzimos o hormônio do crescimento, responsável pela regeneração das células e pelo humor. Então, para ficar linda, não dispense a companhia do travesseiro. “Uma boa noite de sono recompõe as células do organismo, faz o cabelo crescer, melhora o desempenho sexual, acelera o metabolismo e diminui a propensão para engordar”, explica Carla Góes. 

Novo hábito:  A especialista indica criar um ritual para o sono: “O corpo tem que entender que é hora de desacelerar”, diz. Entre as dicas para dormir bem estão: tomar um banho morno, deixar os eletrônicos fora do quarto ou desligados, optar por uma luz suave e aromatizar o ambiente com essência de lavanda. Vale também ingerir um copo de leite morno com mel ou com noz moscada ralada. Durante o jantar, não exagere no álcool. Mas para quem não abre mão, uma taça de vinho tinto é a boa pedida. Além de relaxar, o vinho é rico em polifenóis, um antioxidante presente nas uvas com ação rejuvenescedora. 

Consumir açúcar refinado em demasia
Ele pode estar no brigadeiro e no bombom, mas também no cafezinho e no refrigerante. O açúcar refinado em excesso é considerado quase uma substância tóxica para o organismo. Ele aumenta o risco de desenvolver diabetes, causa problemas nos dentes, irrita o trato digestivo, engorda, pode desencadear dores de cabeça e diminuir a imunidade. Além disso, o açúcar refinado afeta diretamente a beleza, uma vez que dificulta a renovação das células: “Durante o refinamento, ele perde nutrientes e vira só fonte de caloria”, explica a especialista, que ainda completa: “Também rouba do organismo vitaminas e minerais como o cálcio, e ainda deixa a pessoa mais irritada”.

Novo hábito:  Apesar de parecer um dos grandes vilões da beleza, o açúcar é importante como fonte de energia. Para evitar ingerir a substância em excesso, vale trocar o açúcar refinado por mel e os doces por frutas, sucos ou um chá adoçado com açúcar mascavo. Isso não significa abrir mão de tudo, mas sim fazer substituiç&otild...

Clique aqui para ler este artigo no Veste Moda