Curso de Visagismo Joinville, Santa Catarina

Encontre endereços e telefones de curso de visagismo em Joinville. Aproveite para obter dicas e mais informações sobre o assunto em nossos artigos com tutoriais.

Centro de Formação de Condutores Touring
(48) 3028-1909
r Jerônimo Coelho, 345, sl 107, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Centro de Formacao de Condutores Nova Geracao Ltda Me
(48) 3222-3331
r Tiradentes, 240, Ed Topazio Lj 2, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Centro de Formacao de Condutores Desterro Ltda Me
(48) 3224-0786
av Hercílio Luz, 599, Lj 4, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Auto Escola Continente
(48) 3025-7859
r Ten Silveira, 456, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Auto Escola Condessa
(48) 3226-0356
r Jorge Lacerda, 2207, Sl 2, Costeira Do Pirajubaé
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Centro de Formacao de Condutores Aprendiz Ltda
(48) 3248-6466
r Heitor Blum,Dr, 573, Estreito
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Auto Escola Brinhosa
(48) 3244-2322
r Antônio Mattos Áreas, 180, Balneário
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Auto Moto Escola Brinhosa
(48) 3241-0313
r Ten Silveira, 200, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Centro de Formacao de Condutores Litoral Ltda Me
(48) 3223-8004
r Bittencourt,Gal, 603, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Auto Escola Florianópolis
(48) 3222-5859
r 7 de Setembro, 186, S 201, Centro
Florianópolis, Santa Catarina

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Curso de Visagismo

Fornecido por: 

Você já deve ter ouvido estes ou outros estereótipos relacionados à cor do cabelo das mulheres, se já não escolheu a sua com base neles. Mas será que isso é realmente verdade? Existe a possibilidade de entregar toda a sua personalidade assim, só com um tom? “Não, não existe,” acredita Nilo Leal, hairstylist da Casa Mauro Freire. “Mesmo porque hoje em dia as pessoas já perceberam que o sexy, o temperamental ou o sério são questões de comportamento. Caso contrário, uma mulher careca não poderia ser nada disso, e ela pode”.

Mas também não vá pensando que não tem como transmitir o seu jeitinho para os outros. O problema é que a história é um pouco mais comprida do que três cores e três personalidades correspondentes. Philip Hallawell, autor do livro Visagismo: harmonia e estética (Editora Senac), explica: “Quando a pessoa vê uma imagem, de imediato reage emocionalmente às linhas, formas e cores, muito antes que possa pensar sobre o significado da imagem.

A cor do cabelo, portanto, sempre vai criar uma emoção ou uma sensação determinada.” E o bacana é que essas emoções e sensações são muitas! Ficou difícil, né? E agora, como eu posso customizar as madeixas para que elas fiquem com a minha cara?

Veja as nossas dicas e vire especialista no assunto.

O que você quer que o cabelo diga?

Para o bem da sua autoestima, os seus cabelos precisam expressar a imagem certa, aquela que tem tudo a ver com você. O objetivo é destacar os seus pontos fortes, o que você mais ama, tanto no seu rosto quanto na sua personalidade. “Meu trabalho com elas é encontrar o melhor dentro do que elas têm de melhor, e isso pode ser feito da mesma maneira com as loiras, as ruivas ou as morenas,” diz Nilo.

O visagismo, técnica baseada justamente no destaque de qualidades pela imagem, prega que por mais agradável e equilibrado o seu look esteja, ele vai te trazer para baixo se não transmitir exatamente o que você quer. É daí que vem aquele sentimento de “não gostei”.

Não é só a cor que importa

Muitos outros elementos podem transformar o seu cabelo, além da coloração. O formato, que pode ser retangular, triangular ou circular, também é um elemento fácil de mexer e que diz muita coisa, assim como o comprimento – curto, médio ou longo. E das linhas do cabelo, você já ouviu falar? São as mechas, as luzes e até a franja. Todos estes aspectos podem ser modificados para que o seu visual expresse quem você é.

Quem nunca quis p...

Clique aqui para ler este artigo no Veste Moda