Fábrica de Lingerie Americana, São Paulo

Encontre endereços e telefones de fábrica de lingerie em Americana. Aproveite para obter dicas e mais informações sobre o assunto em nossos artigos com tutoriais.

Aqua Brasil
(19) 3272-9899
r Manoel Francisco Mendes, 585, Jd do Trevo
Campinas, São Paulo

Dados Divulgados por
Comercial Fonseca de Presentes Ltda ME
(19) 3441-5709
r 7 Setembro, 390 bo 24 Centro
Limeira, São Paulo

Dados Divulgados por
Emicy Magazine Ltda
(11) 2421-0934
r Jacob, 573, Jd Tranqüilidade
Guarulhos, São Paulo

Dados Divulgados por
Casas Pernambucanas
(80) 0702-2033
r Francisco Glicério,Gal, 601, Centro
Suzano, São Paulo

Dados Divulgados por
pop star moda infaantil
016 34415836
av meira junior
Ribeirao preto, São Paulo
 
José Pedro Alves da Silveira ME
(19) 3452-3742
r Pedro Elias, 730
Limeira, São Paulo

Dados Divulgados por
Captain Gull
(13) 3224-5685
r Oswaldo Cruz,Dr, 319, Lj 43, Boqueirão
Santos, São Paulo

Dados Divulgados por
Atrevida
(16) 3632-1272
r Amazonas,Br, 651, Centro
Ribeirão Preto, São Paulo

Dados Divulgados por
Ramage
(11) 4799-9594
av Narciso Yague Guimarães,Ver, 1001, Lj 239, Centro Civico
Mogi das Cruzes, São Paulo

Dados Divulgados por
Magazine Nikkei
(11) 5666-2259
r José Garzotti,Pe, 184, Cid Dutra
São Paulo, São Paulo

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Fábrica de Lingerie

Fornecido por: 

Várias peças e acessórios usados pelas mulheres compõem o que chamamos de lingerie, as conhecidas roupas de baixo. Formada por calcinhas, sutiãs , cintas-ligas , espartilhos e algumas outras peças, a lingerie desperta todo tipo de fantasias. Segundo Freud, a relação do erotismo com as roupas íntimas nada mais é do que o fetiche, ou feitiço. Isso acontece quando a satisfação pessoal se dá através de objetos ou ornamentos.

O cinema e as revistas também ajudaram a criar um clima de sedução e fantasia, despindo as musas de suas roupas e deixando-as apenas com suas roupas de baixo, cada vez mais bonitas e elaboradas.

A lingerie passou por uma série de transformações ao longo do tempo, acompanhando as mudanças culturais e as exigências de uma nova mulher que foi surgindo, principalmente durante o século 20. A evolução tecnológica possibilitou o surgimento de novos materiais, que tornou a lingerie mais confortável e durável, duas exigências da vida moderna.

Desde o tempo das vestes longas, usadas até pouco depois da Idade Média, passando pela ostentação dos séculos 17 e 18, quando era usado um verdadeiro arsenal de acessórios por baixo das grandes saias femininas, até o início do século 20, a mulher sofreu horrores em nome da beleza e da satisfação masculina.

Os espartilhos , usados por mais de quatro séculos, causava sérios problemas à saúde, além do desconforto e da obrigação de ostentar uma “cinturinha de vespa”. Os seios, foco da atenção por muito tempo, eram forçados para cima através dos cordões apertadíssimos dos espartilhos. Também as calcinhas , como são atualmente, passaram por drásticas mudanças. No século 19, eram usadas ceroulas, que iam até abaixo dos joelhos. O surgimento da lycra e do nylon permitiu uma série de inovações em sua confecção, que possibilitou até a criação de um modelo curioso nos anos 90: uma calcinha com bumbum falso, que contém um enchimento de espuma de nylon de vários tamanhos e modelagens.

Um acessório sensual muito usado na década de 20 foi a cinta-liga, criada para segurar as meias 7/8. Dançarinas do Charleston exibiam suas cintas-ligas por baixo das saias de franjas, enquanto se sacudiam ao som frenético das jazz-bands. Ainda nos anos 30, a cinta-liga era o único acessório disponível para prender as meias das mulheres, que só tiveram as meias-calças à sua disposição a partir da década de 40, com a invenção do n&aac...

Clique aqui para ler este artigo no Veste Moda